Espaços públicos de Brasília disponibilizam Wi-Fi gratuito

A capital da república possui mais de 10 locais públicos com pontos de acesso à internet sem nenhum custo. Saiba mais sobre como encontrá-los

Dados do IBGE demonstram que 47,8% dos moradores do Distrito Federal acessam a internet com bastante intensidade, em média uma vez por dia. Depois do DF, os estados do Mato Grosso (41,8%) e São Paulo (40,3%) são os que possuem usuários mais ativos na internet.

Rodoviária de Brasília é um dos pontos com wifi gratuitos no DF
Rodoviária de Brasília é um dos pontos com wifi gratuitos no DF

Uma possível explicação para a intensa vida online dos brasilienses é a quantidade de sinais de internet gratuitos disponíveis. São mais de 10 lugares espalhados pela cidade onde se pode acessar o Wi-Fi, sem nenhum custo, entre as quais o Estádio Nacional de Brasília, o piso inferior da Rodoviária do Plano Piloto, o Quiosque do Atleta no Parque da Cidade, o Congresso Nacional, a Universidade de Brasília e diversos shoppings.

Os pontos de acesso gratuito possibilitam a melhoria de atividades desde o transporte e o lazer, até o trabalho e estudo.

Quem já está conectado e usufrui do serviço pago de 3G, também vê melhorias no acesso gratuito. Um exemplo é Vitor Mesquita, que recém chegado em Brasília, usa a conexão de dados paga para olhar o GPS de seu aparelho celular quando toma um ônibus para um novo destino. “A conexão Wifi deixaria mais rápido e mais barato pra eu me achar na cidade. Imagino que os turistas devem achar a mesma coisa”, relata o estudante universitário, preocupado com os mega eventos que Brasilia vai sediar.

Deixando as pessoas sempre em sintonia com o lugar em que estão inseridas, a conexão pública à internet pode gerardistribuição de informação por meio de fotografias nas redes sociais, ou a promoção de conhecimento e educação de usuários da Biblioteca Nacional de Brasília. Esses são só alguns exemplos do tipo de desenvolvimento e evolução que uma “Cidade Digital” pode produzir.

Poder público e conectividade

O governador, Agnelo Queiroz prometeu que haverá internet sem fio em toda a cidade até a abertura da Copa do Mundo. Os investimentos desse plano serão de aproximadamente R$ 80 milhões.

O projeto batizado de Conecta DF já possui três pontos na cidade, o Estádio Nacional de Brasília, a Rodoviária do Plano Piloto e o Parque da Cidade. O link é oferecido graças a uma parceria com a Telebrás e já está em funcionamento há mais de um ano.

Atualmente o governo trabalha para que a cobertura gratuita de internet chegue também ao Museu da República, à Torre de TV, ao Centro de Convenções Ullysses Guimarães e ao Ginásio Nilson Nelson. A previsão da Secretaria de Ciência e Tecnologia do DF é de que o sistema gratuito já esteja disponível nos novos pontos a partir de junho. “Existem locais que a população precisa ter internet e o governo tem que chegar lá”, disse o governador na época do anúncio.

Iniciativas privadas também entram em cena

Algumas das centenas de pontos de acesso da Net na capital federal
Algumas das centenas de pontos de acesso da Net na capital federal

Para se tornar exemplo de acessibilidade online, Brasília não dependeu apenas do governo, a iniciativa privada também teve participação.

No último dia 16, a Claro, a Embratel e a Net anunciaram o serviço de internet sem fio para os clientes das três empresas. A nova rede Wi-Fi, batizada de Claro Wi-Fi e NET Virtua Wi-Fi, tem mais de 100 pontos de acesso (hotspots) em locais públicos de Brasília. Os clientes das operadoras terão acesso gratuito ao Wi-Fi por meio de senha em locais como a Ponte JK, o Parque Olhos D’água e diversos pontos em outras regiões administrativas. Os hotspots podem ser localizados por meio do aplicativo ‘Net App’ para smartphones com os sistemas Android e iOS.

Além disso, um dos primeiros espaços de grande circulação do DF que passaram a oferecer internet gratuita foram os shoppings centers. Sem contar os diversos estabelecimentos como bares e restaurantes que oferecem o serviço.

ALGUNS LOCAIS ONDE TEM WI-FI GRATUITO NO PLANO PILOTO

Aeroporto Internacional de Brasília Juscelino Kubitscheck
Área Especial
Lago Sul, Brasília, DF
(61) 3364-9000

Parque da Cidade Sarah Kubtischek
Asa Sul, Brasília, DF
(61) 3225-2451

Estádio Nacional de Brasília Mané Garrincha
SRPN, S/N,
Asa Norte, Brasília, DF
(61) 3229-6980

Rodoviária do Plano Piloto
Eixo Monumental, Brasília, DF
(61) 3234-2185

Biblioteca Nacional de Brasília
Setor Cultural Sul (Esplanada dos Ministérios)
Eixo Monumental, Brasília, DF
(61) 3325-6257

Biblioteca Demonstrativa de Brasília
EQS 506/507 W3 Sul
Asa Sul, Brasília, DF
(61) 3443-0852

Congresso Nacional
Palácio do Congresso Nacional
Praça dos 3 Poderes, Brasília, DF
(61) 3216-0000

Universidade de Brasília (UnB)
Campus Universitário Darcy Ribeiro
Asa Norte, Brasília, DF
(61) 3107-3300

Ponto de ônibus da 512/712
Asa Norte, Brasília, DF

Ponto de ônibus da 513/713
Asa Norte, Brasília, DF

Ponto de ônibus da 516
Asa Norte, Brasília, DF

Estação Galerias
Setor Bancário Sul, Brasília, DF

Pátio Brasil
SCS Quadra 7 Bloco A
Asa Sul, Brasília, DF
(61) 2107-7400

Liberty Mall
SCN Quadra 2 Bloco D
Asa Norte, Brasília, DF
(61) 3328-8915

Terraço Shopping
AOS 2/8 Lote 5
Octogonal, DF
(61) 3403-2992

Brasília Shopping
SCN Quadra 5 Bloco A
Asa Norte, Brasília, DF
(61) 2109-2122

Boulevard Shopping
Setor Terminal Norte Conjunto J
Asa Norte, Brasília, DF
(61) 3448-3300

Conjunto Nacional Shopping
Setor de Diversões Norte Conjunto A
Asa Norte, Brasília, DF
(61) 2106-9700

ATUALIZAÇÃO – 20/4/15

Em entrevista dada à rádio CBN Brasília na segunda-feira dia 20 de abril o diretor do Metrô-DF, Marcelo Dourado, informou que as estações Central, Galeria, Feira e Águas Claras terão rede pública de Wi-Fi para os usuários do serviço de transporte sobre trilhos.

O acesso é gratuito e será livre, sem necessidade de cadastramento. Basta localizar a rede GDF Sin@l Livre no smartphone ou tablet e conectar. A velocidade de navegação será equivalente a 1 megabyte (1 mbps). Cada estação contará, em média, com oito pontos de acesso nas plataformas e um na bilheteria. Esses pontos têm um raio de alcance de aproximadamente 40 metros, o que abrange toda a extensão das plataformas. Com essa estrutura é possível atender em média 800 usuários nas estações menores e até 1200 acessos simultâneos nas estações de maior movimento, como Central e Galeria.

Confira a entrevista clicando no link.

ATUALIZAÇÃO – 02/6/16

Atualmente o  Planetário de Brasília também conta com WiFi Gratuito assim como uma parte do Setor Hoteleiro Sul (às margens do Eixo Monumental na altura do Hotel Grand Bittar), da Torre de TV (Feira da Torre e Praça das Fontes) e do Centro de Convenções Ulysses Guimarães.

O atual governo, sob o comando de Rodrigo Rollemberg, promete que estão em fase final de implantação outros seis pontos de cobertura no Parque da Cidade (Quiosque dos Atletas, Estacionamento do Kart Carreira, Próximo ao Lago do pedalinho, Na curva do percurso de 06 Km e Dois pontos na área externa do Pavilhão de Exposições), dois pontos no Setor Hoteleiro Sul, três pontos no Setor Hoteleiro Norte. 

FICAREMOS DE OLHO!

Anúncios

3 comentários em “Espaços públicos de Brasília disponibilizam Wi-Fi gratuito

    1. Eduardo, se você entrar no mapa pela plataforma google, você pode colaborar colocando outros pontos, como o que sugeriu, ou pontos fora do Plano Piloto também.
      É só entrar nesse link e clicar em colaborar na esquerda, logo acima do nome do mapa.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s